Glossybox X Glambox

1 maio

Assunto polêmico! haha quando as caixinhas por assinatura chegaram ao Brasil (a pioneira foi a Glossybox), eu achei a ideia incrível: receber, todo mês, 5 a 6 produtos cosméticos, em uma caixinha linda no conforto da minha casa. Eu, que sou toda mão de vaca quando o assunto é beleza (sou muito chata pra gastar até com shampoo), fiquei mega feliz com a novidade e já fui quase assinando. Eu disse quase. Depois de ler resenhas na internet e só ver reclamações, praticamente desisti da assinatura. Até que a Glossybox fez uma caixinha especial da Natura no final de 2011 que ganhou o meu coração: produtos em tamanho natural, de uma marca nacional que eu gosto mas não costumo comprar, por uma pechinca de R$23 incluindo frente. Fui lá, assinei e recebi a minha primeira caixinha no começo de 2012:

Minha primeira Glossybox Beauty

Como já disse, sou mão de vaca pra cosméticos e por isso assinei a Glossybox Beauty, versão com produtos nacionais e mais baratinha. Creme depilatório, amostra de protetor solar, creme para cabelo em tamanho natural, álcool gel e lápis bege. Gostou do lápis? Pois eu tinha comprado um exatamente da mesma cor, na mesma semana (juro!). Sim, rolou a decepção, mas preferi continuar com a assinatura. Caixas depois (que nem merecem fotos), eu acabei desistindo da Glossybox. Desde o começo, estava ciente da proposta de amostras dentro da caixinha. Não me incomodo com isso (apesar de  odiar esses sachês, seja do que for). Me decepcionei porque vieram coisas que eu costumava comprar: creme de hidratação para o cabelo? Álcool gel? Lencinho Kleenex? Tudo isso eu compro até na despesa do supermercado.

Tudo bem, preciso confessar que amei esse body splash da Loungerie e uso todo dia antes de dormir

Até que eu conheci a Glambox pelo facebook. Se me lembro bem, vi a marca sendo mencionada na página da Glossybox mesmo, por meninas insatisfeitas com o serviço da caixinha pioneira. Por um preço mais alto (R$50), mas com a promessa de produtos maiores, importados e mais “diferentes”, resolvi assinar. Para se ter uma ideia, a primeira Glambox veio com Moroccanoil (10ml com um AMOSTRA GRÁTIS PROIBIDO A VENDA em letras garrafais no rótulo), e claro que isso ajudou meu lado consumista a assinar. Recebi a caixa do mês de março e quase morri quando vi um esmalte O.P.I vermelho, em tamanho natural, brilhando na minha direção. Também adorei ter recebido as balinhas Beauty Candy (morria de curiosidade de experimentar) e a sombra marrom linda Duda Molinos, que apesar de ser nacional, tem ótima qualidade.

A propósito, essa Beauty Candy é bem ruinzinha

Resumindo: três Glossybox e duas Glambox depois, decidi ficar apenas com a assinatura da segunda. Apesar de ser mais cara, foi ela que cumpriu a proposta com dignidade: algumas amostras grátis (sim, muitas vezes), alguns produtos em tamanhos reais, marcas nacionais e importadas e principalmente, produtos que eu não estou acostumada a comprar. Gosto desse sentimento de surpresa, de testar marcas desconhecidas…aliás, amei a máscara de argila que veio na Glambox de abril!

Olha os sachês de novo! haha não gostei, mesmo sendo Vichy. Mas achei sensato da parte deles mandarem um potinho personalizado, até com proteção, para guardar o creme dos quatro sachês

Sei que o mais certo seria comparar a Glossybox Premium com a Glambox, mas hoje estaria falida se assinasse as duas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: