Cine Pipoca: livros que viraram filmes

9 fev

Se tem uma coisa que nós adoramos é cinema! E acabamos percebendo que falamos pouco aqui no blog sobre um de nossos assuntos preferidos. Por isso, estamos estreando uma nova categoria aqui no blog, o Cine Pipoca! Ela irá ao ar todas as quartas-feiras com dicas de filmes sobre determinados assuntos. Hoje, por exemplo, vamos dizer para vocês quais filmes baseados em livros nos adoramos e recomendamos. Esperamos que gostem de nossas sugestões!

Camila – Amo esse filme! “Julie & Julia: Baseado em Histórias Reais” é a adaptação de um livro homônimo escrito por Julia Powell. Vou contar a história do filme porque, infelizmente, eu ainda não li o livro. O longa conta a história de Julie Powell (Amy Adams) que, depois de entrar em crise com a sua vida profissional, cria um blog onde ela faria uma receita por dia da famosa cozinheira Julia Child (interpretada por Meryl Streep – ótima, como sempre). O blog “Projeto Julie/Julia”, como ela o chamou, durou um ano e as receitas eram tiradas do livro escrito por Julia, “Mastering the Art of French Cooking”. Todas feitas em uma cozinha no Queens, bairro de NY, sem nenhum glamour. Como já é de se esperar, o blog fez o maior sucesso! O filme mistura as histórias do blog da Julie, com algumas informações sobre Child e ainda um pouquinho de ficção. Pra quem gosta de gastronomia (eu o/), o filme é um prato cheio (com o perdão do trocadilho haha). Sei que fiquei morrendo de vontade de ler o livro, e já até pensei em criar um blog apenas com receitas. Em quem será que eu me inspiraria…Palmirinha Onofre talvez? haha

Monalisa – O filme Marley & Eu foi lançado em 2009 e é baseado no best-seller de mesmo nome, escrito pelo jornalista norte-americano John Grogan. O filme conta a história de um casal, John (Owem Wilson) e Jennifer Grogan (Jennifer Aniston), que vê sua vida mudar após comprar um labrador liiindo, que é super destruidor. Entre as broncas e as brincadeiras, o afeto entre John e Marley aumenta a cada dia, mostrando que o melhor amigo do homem é mesmo o cachorro. Eu li o livro antes de assistir o filme, então fui ao cinema com uma expectativa enorme. Como na maioria das vezes, o filme deixa um pouco a desejar, mas é sim muito bom (e emocionante, então prepare o lencinho) e merece ser assistido por todos, especialmente por aqueles que são apaixonados por cachorros, como eu.


Diana –
Assisti o filme, li o livro e curti muito! O filme de 1971 dirigido por Stanley Kubrick tornou-se uma referencia para sua carreira e não poderia ser diferente do romance escrito pelo inglês Anthony Burgess. Na verdade o livro tem um pouco mais de conteúdo e as utilizações das gírias (que se tornou referência ao filme) são bem mais freqüentes do que se mostra no filme Na verdade as “gírias usadas tanto no livro quanto no filme é a mistura, um idioma que mistura do russo com o inglês chamado de “Nadsat”. A história se passa numa Inglaterra futurista que tem como personagem principal Alexander DeLarge, qual admira a ultra violência e música clássica. Comanda uma gangue de delinquentes quais cometem roubo, estupro e até assassinatos.  É cult, é intrigante e vale a pena ser assistido tanto quando lido, apesar de ser um enredo forte, no entanto envolvente!



 

Assisti o filme, li o livro e curti muito! O filme de 1971 dirigido por Stanley Kubrick tornou-se uma referencia para sua carreira e não poderia ser diferente do romance escrito pelo inglês Anthony Burgess. Na verdade o livro tem um pouco mais de conteúdo e as utilizações das gírias (que se tornou referência ao filme) são bem mais freqüentes do que se mostra no filme Na verdade as “gírias usadas tanto no livro quanto no filme é a mistura, um idioma que mistura do russo com o inglês chamado de “Nadsat”. A história se passa numa Inglaterra futurista que tem como personagem principal Alexander DeLarge, qual admira a ultra violência e música clássica. Comanda uma gangue de delinquentes quais cometem roubo, estupro e até assassinatos.  É cult, é intrigante e vale a pena ser assistido tanto quando lido, apesar de ser um enredo forte, no entanto envolvente!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: